9.27.2010

untitled

sinceramente, desisto de entender como algumas pessoas conseguem se resumir a 'quinze'. no caso, quinze filmes favoritos. quinze não é o meu número, definitivamente. listar apenas 15 filmes,  em não mais que quinze minutos, sendo eu, doente por cinema, é praticamente impossível. digamos que se fosse por categoria, até daria, mas eu prefiro nem tentar, beijos. já me acostumei com o fato de não saber me resumir e convivo bem com isso. quando estou contando alguma coisa tem sempre alguém no fundo dizendo com tom de impaciência: resume Luna. Deus sabe o quanto me policio pra não contar detalhes desnecessários - tipo o desfecho - de um filme, e tento não me perder em pormenores quando vou contar algo incrível ou hilário que me aconteceu em alguma viagem, ou festa. normalmente quando estou eufórica contando uma história, e de repente lembro de outra, eu me perco totalmente da anterior deixando todos confusos, e quando tento voltar ao que estava falando no ínicio, não lembro e fico com cara de acéfala-desmemoriada-que-esquece-o-inesquecível. certa vez um amigo até me deu um carinhoso tapa na cabeça e disse: ' - é nisso que dá falar pelos cotovelos!' e eu não me chateio não, sabe? sobretudo porque eu mesma acho que é bondade demais alguém dizer isso ao meu respeito. acho inclusive que deveriam acrescentar o resto do corpo também, porque além de falar, eu ATÓRON gesticular, e uma vez que tenha espaço físico, eu faço toda a simulação da cena descrita, com direito a efeitos especiais, trilha sonora, e indicação ao oscar. eu juro por esta luz que me ilumina, que eu tento me resumir, mas é inerente a minha natureza, portanto, raramente consigo. por exemplo, eu deveria apenas responder um meme, dizendo quais meus quinze filmes favoritos, e ao invés disso estou aqui explicando sucintamente, que infelizmente, não consigo tal proeza, porque sou cinéfila praticante. sou fã dos sublimes filmes de Almodóvar, do mestre do suspense Alfred Hitchcock, da temática sombria e peculiar de Tim Burton,  do anti heroismo de Clint Eastwood, das  excelentes tramas de Martin scorsese, da ação tensa de Guy Ritchie,  da desordem psíquica dos filmes de Brian de Palma, da genialidade de Sofia Coppola,  herdada de Francis Coppola, e por último, não menos importante, sou powermegafã da violência explícita e dos diálogos memoráveis de Quentin Tarantino. e embora me critiquem deveras por isso, eu adoro filmes estilo avatar. 

entretanto, tem dias que, com preguiça de pensar,  e com aquela ressaca consumindo todo meu ser, assisto numa boa um bom e velho romance adocicado daqueles bem óbvios. e quando  estou bem numa boa comigo mesma, eu encaro um drama iraniano, indiano, coreano, francês, um cult e tal.  mas meu maior prazer particular nas madrugadas solitárias, regadas a pringles, chocolate e refri, é assistir filmes estrelados por divas musas inspiradoras que eternizaram frases como 'se sou supostamente uma estrela, porque estou sozinha? Judy Garland' ou 'eles dormem com Gilda e acordam comigo. Rita  Hayworth'. estes sim, são meus favoritos. então, como já disse antes em outras palavras, eu, por mais que tente, jamais conseguirei me expressar monossilabicamente, jamais, imagine só, listar somente, simplórios 15 filmes favoritos. 





20 comentários:

  1. Lunaa tbm tenho essa incapacidade de resumir, e de me resumir. Sempre falam:
    - resume fê!
    HAUSUAHSUA
    É que as pessoas não conseguem conceber a complexidade que somos e do que vivemos.
    adorei e me identifiquei muito Luu.
    bjoo

    ResponderExcluir
  2. eu não consigo resumir... ah meu gzuis, eu tenho problemas. kkk

    ResponderExcluir
  3. Lendo sua postagem vejo que temos algo em comum... não falar pelos cotovelos rsrs Isso é parecido com minha namorada... mas, sim, o amor pelos filmes. Vejo, pelo menos, dois por semana, e os acho fantásticos...

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. eu também gosto de fazer gestos, deixa o assunto mais interessante (?) *hi hi*

    você tem conta no filmow?! acho que ele é o site perfeito pra você (:

    --
    pois é, tínhamos sim, mas acabou D:
    (sobre o Juliano)

    beijas, Lu :*

    ResponderExcluir
  5. vou pensar viu...são tantos filmes, em tantas fases de minha vida.
    beijo!

    ResponderExcluir
  6. Hummmm
    Não sei 15 é poucoooo!
    Hei vamos listar alguns filmes???
    Amei isso....
    hahahahaha
    beijo Luna cinéfila!

    ResponderExcluir
  7. Pra mim é impossível falar sem gesticular, sem fazer caras e bocas e se a cena que eu conto for muito ótima ainda levanto e a reproduzo, sem constrangimento.

    Se "o diabo mora nos detalhes" eu vivo em pleno inferno e ainda sorrio!

    Uma vez contei um filme ("Infidelidade") com taaaantos detalhes para uma amiga (inclusive a parte das penas do pato) que quando ela, tempos depois, o assistiu com o namorado e não lembrava que eu tinha contado mas lembrava do filme todo, ficou antecipando as cenas e ele ficou bravo, achando que ela havia assistido com outra pessoa...rs

    Beijo, Lu!

    ℓυηα

    ResponderExcluir
  8. Nossa também acho dificil viu! 15 é muito pouco, é querer um filme bom a cada um pouco mais de um ano se tem anos que voce ve uns dez bons!! Eutbém adoro essa frase "eles dormem com Gilda e acordam comigo" Luna querida, voce como grande escorpiana abandonaria alguem que te ama pqe não transa bem para viver loucuras com um estranho? Imagina que coisa mais maravilhoooooooooosa!

    ResponderExcluir
  9. sinceramente ? nem eu consigo esse lance de listas. haha

    ResponderExcluir
  10. Calma cherrie! é só uma grande loucura na minha cabeça!

    ResponderExcluir
  11. Já fui cinéfilo há algum tempo atrás, quando eu tinha tempo...

    Bjs!

    ResponderExcluir
  12. Resumir é um processo complexo... essa limitação me dá nos nervos e é tão difícil.
    Compartilho disso kkkk... e também adoro gesticular!

    Beijo, Luuu!

    ResponderExcluir
  13. não da para resumir um milésimo de segundo, então para que resumir, ou simplificar, o tempo todo, cara frame, tempo, imagem, tudo, se tudo vai ficar tão sem detalhe, tão sem cor, sem o movimento... sem graça.

    Grande Abraço!

    ResponderExcluir
  14. Luna, além de falar vários idiomas é super entendida de cinema? hum...


    ....sou sua fã.


    beijos

    ResponderExcluir
  15. Música, filme e livro... não consigo, definitivamente, fazer lista dos preferidos. :D
    ...

    que bom que gostou, querida. Os desenhos dele são incríveis e cheios de paixão. Me inspiram. E, bem, o amor chegou forte por aqui..

    :*

    ResponderExcluir
  16. Awwwn. Eu ADORO o número 15, 15/06/1988. HEHEHE

    ResponderExcluir
  17. não sei se u já disse isso, mas acho q a gente se daria muito bem.

    ResponderExcluir
  18. Viu Tudo Pode Dar Certo do Wood Allen? MUITO BOM!
    Gostei muito daqui, obrigada pela visita.
    Estou seguindo! :)

    ResponderExcluir

- me concede uma dança?

Baila Comigo está protegido por uma Licença Creative Commons. Credite.

Licença Creative Commons