4.29.2011

acordei cantarolando

'You are my sunshine, my only sunshine
You make me happy when skies are grey
You'll never know, dear, how much i love you'
Johnny Cash
Decidimos, se for menino vai ser Caetano, se for menina, vai ser Aimê (origem francesa, significa amada)

4.20.2011

apenas mais uma opinião

Tava aqui olhando a página do FACEBOOK do boicote Arezzo, e lendo alguns posicionamentos interessantes, percebi a hipocrisia do ser humano. Sou contra o uso de peles, e acho até cafona e de mal gosto, diga-se de passagem. A AREZZO foi inacreditavelmente infeliz e inconsciente lançando essa coleção, em pleno séc. 21, em que o mundo só pensa em sustentabilidade. E isso gerou mídia negativa e polêmica, claro. Mas acho interessante é ninguém nunca ter feito polêmica com outras marcas por conta do uso de pele animal. Ninguém nunca fez enxame com as lindas bolsas Birkin da Hermés, feitas de pele de crocodilo criados só pra virar acessório. Ah, crocodilos não são fofos como coelhos!(é isso?) Todos os produtos de origem animal são oriundos de exploração, não interessa qual, essa é a verdade. Mas como alguns produtos oriundos de tal exploração fazem parte da cadeia alimentar, ninguém faz alarde. Pessoas comem carne de coelho em restaurantes chics no mundo inteiro, assim como a picanha deliciosa que tantos colegas churrasqueiros adoram. A justificativa são as proteinas da carne e tal, tsc, e eu gosto, blá, ok, então já que vamos comer, qual o problema de usar artigos de couro?
Analisemos.

O fato é que a AREZZO não é a primeira e nem será a última. Querem protestar? Então protestem contra os estilistas Patrícia Viera, Carlos Miele e Victor Dzenk (e outros) , que também apostaram em peles verdadeiras para o inverno 2011! Ninguém ouviu falar né? A verdade é que com essa polêmica, a impressão que dá é que todo mundo é inocente e ninguém sabe da ganância que há por trás da indústria da moda! O que não desce é a hipocrisia das pessoas naquela página! O que não desce também agora ê nêgo vir negar e esculhambar o acabamento e design dos sapatos e bolsas da marca arezzo ( de coleções anteriores e futuras), por conta de toda essa polêmica.


 Eu acho que antes de falar sem pensar, vamos ler um pouco, pesquisar um pouco, rever nossos comportamentos, antes de jogar tinta vermelha na vitrine da AREZZO, antes de se manifestar de forma agressiva, como se o fato da coleção levar o nome de pelemania, ela fosse a única a compactuar com a matança de animais. Estamos em tempo de preservação ambiental, e temos que nos manifestar sim, e se é pra boicotar, assino embaixo, mas vamos fazer uma lista de grandes marcas para boicotar e odiar a partir de hoje. A moda deve ser alimentada com conciência, sim, e com certeza a arezzo vai aprender essa lição com esse boicote. (espero).


Pra mim a hipocrisia não é porque fulano come produto de origem animal, e tá boicotando a arezzo. É porque de repente agora todo mundo se tornou politicamente correto, sem ser. Se queremos ser tão corretos, vamos pensar na quantidades de animais que sofrem todos os dias de alguma forma. Vamos criar polêmica também! Vamos nos mobilizar! Tanta coisa contra a lei, que é visto com naturalidade, como gente que adora comer tatu, que acha fofo criar jaboti, gente que tem coleção de passarinhos, e ninguém se choca! Essa semana mesmo vi em um programa, que no México, 400 cães abandonados são eletrocutados, porque nao tem quem adote um sequer. As atrocidades estão aí, ali, acolá, em todo o mundo, debaixo dos nossos olhos, então amigos, ANALISEMOS.


4.10.2011

com amor

 "Deus sabia que não poderia estar em todos os lugares, então criou as mães."


     ainda não sabemos se você é menino ou menina, mas você já ganhou seu primeiro tênis.



O meu amor sai de trem por aí
e vai vagando degavar para ver quem chegou
O meu amor corre devagar, anda no seu tempo
Que passa de vez em vento
Como uma história que inventa o seu fim
Quero inventar um você para mim
Vai ser melhor quando te conhecer

Olho no olho
e flor no jardim
Flor, amor
Vento devagar
vem, vai, vem mais

Tulipa Ruiz




Baila Comigo está protegido por uma Licença Creative Commons. Credite.

Licença Creative Commons