9.15.2010

pra pedir silêncio eu berro



para alguns silêncio absoluto é um bálsamo. pra mim também é, às vezes. talvez depois de um show de rock, ou de passar o dia numa creche com pirralhos encapetados, não sendo, o único silêncio total que me agrada é o compartilhado. é o que mais gosto. não silêncio de casal no primeiro encontro. esse é tenso, é opressor. eu gosto do silêncio cúmplice, de dois rostos mudos e olhares falando por si só, e com um suave barulhinho bom de suspiros e gemidos. há também  outros silêncios que gosto muito, mas que são apenas convenientes. silêncio quando é necessário calar, afinal é melhor não arruinar amores e amizades com palavras malditas e maldosas.  também curto deveras o silêncio do desprezo. é meu melhor silêncio. nada como revidar mau caratismo, com um desprezo silencioso.  e gosto muito mesmo é do falso silêncio do mar. das ondas dançando num balanço calmo, enquanto a gente  brinca ou descansa. me faz lembrar daquela canção de joão gilberto 'tudo isso é paz, tudo isso traz uma calma de verão e então, o barquinho vai, a tardinha cai '. é pura felicidade fantasiada de paz. e paz quando a gente sente invadindo a alma, é recado do cara lá de cima. nesse caso, valeu deusu, tu é o cara, mas só com essa paz silenciosa do marzão, eu não vivo plenamente feliz. e nem gostaria. minha felicidade só é completa com  um pouco de alegria em som surround. sou de muitos espalhafatos e alardes. vivo a base de cafeína e música, não à toa, minha pomba gira quando ouço 'não enche' do caetano. qualquer tristeza minha sorri e canta alto. gosto do barulho do meu coração acelerado. gosto das minhas cordas vocais em pleno funcionamento, se unindo às cordas de um  monte de gente amiga,  sorrindo feito hienas com amigdalite, de coisas sem sentido. e por isso eu sempre digo, silêncio absoluto é para os fracos, os bons conseguem refletir profundamente sobre a vida, ao som de jorge ben jor em pleno carnaval. e tenho dito.


17 comentários:

  1. mas me deu uma vontade de carnaval, de jorge ben.

    apesar do silêncio q anda na minha vida, eu não escolhi, mas é assim.

    dos tensos, de solidão, de olhar perdido.
    mas quem não tá perdido?

    ResponderExcluir
  2. Sou de épocas, mas na maioria delas o silêncio é quem me aconpanha.. Pra pedir silêncio eu também berro, mas prq sou uma descontrolada emocional.


    hahaha
    Foi um elogio, claro. Queria eu ser assim também.
    Mas não passo de uma mongol desajustada, introspectiva é coisa pra Lunas da vida.

    ;*

    ResponderExcluir
  3. na minha vida não existe silêncio. Ou quase não existe. claro que ele é necessario as vezes e aquele silencio cumplice é bom demais. Mas, de novo me identificando com você, só consigo pensar e criar e ser feliz com no mínimo uma batida, um swing ou uma voz cantando e me embalando.

    bjo gata!

    ResponderExcluir
  4. Não faço silêncio, e não gosto do silêncio [quase] nunca.

    Silêncio é para os fracos... prefiro os berros!rs

    Beijo!

    ResponderExcluir
  5. Ah, adorei esse. Muito bom.
    Eu também prefiro o barulho, não vou mentir.
    Não de poluição sonora como de músicas de campanha política rolando na rua, mas como você mesma disse, risadas, vozes familiares de amigos e etc.
    =*

    ResponderExcluir
  6. 'o mar é um analgésico pra alma' ;)

    beijas, Luna :*

    ResponderExcluir
  7. O silêncio (o direito a ele) tem que estar sempre ao meu alcance ou eu piro.

    =**

    ℓυηα

    ResponderExcluir
  8. Amo o silêncio quando quero deitar e relaxar! Ouvindo só aqueles zumbidos impossiveis de entender o que é, bem baixinhos! Silêncio de amigos como você disse, se comunicando pelo olhar! Porém confesso que passo o dia todo no silêncio e é meio solitário! Mesmo assim quero sempre mais silencio em casa!

    ResponderExcluir
  9. - Nunca me imaginei "no silêncio" , sem música , sem som, sem ânimo , sem vida... Mas tudo isso se tornou meu dia a dia, e não há nada pior...:/

    Beijo Flor!

    ResponderExcluir
  10. Ahh Luna
    Adorei o elogio amigaaa!
    Ahh nem estilo salta um fedorzinhooo!
    hahahahaha
    Ecaaaa!
    Dá-lhe perfume francês!
    beijo
    Farei a playlist! Amanhã ok?

    ResponderExcluir
  11. "e por isso eu sempre digo, silêncio absoluto é para os fracos, os bons conseguem refletir profundamente sobre a vida, ao som de jorge ben jor em pleno carnaval. e tenho dito."

    Gostei demais disso.

    Abraço meu.

    ResponderExcluir
  12. Seu blog é muito legal menina. E sim, o silêncio é maravilhoso! :)

    ResponderExcluir
  13. Luna,
    Como é bom voltar aqui!
    Também sou feita de música, agito, conversa. Sou faladeira por natureza. Mas prezo o silêncio, assim como meu espaço.
    E confesso: não tinha pensado nos tipos de silêncio. O cúmplice e o do desprezo me atraem muito.

    =)

    Beijo

    MeninaMisteriosa

    ResponderExcluir
  14. meu coração nunca faz silêncio.

    ResponderExcluir
  15. 'O silêncio (o direito a ele) tem que estar sempre ao meu alcance ou eu piro.'

    ResponderExcluir
  16. eu gosto do silêncio... de vários tipos dele, só não o q a saudade eterniza.

    ResponderExcluir
  17. Luna, com certeza nos conhecemos de outra vida. Amo silêncio cúmplice, silêncio de primeiro encontro que dá frio na barriga, mas como toda italiana falo e alto...

    ... até dorrmindo.

    beijos

    ResponderExcluir

- me concede uma dança?

Baila Comigo está protegido por uma Licença Creative Commons. Credite.

Licença Creative Commons