11.06.2009

kill love

 -

será que pela lógica do universo, eu tenho a obrigação de ser feliz o tempo todo? mesmo quando tudo desaba e a sensação é de um piano caindo na minha cabeça? mesmo quando meu corpo ansioso clama por outro corpo e só sinto solidão e uma saudade pungente? será que preciso sorrir em slow motion como se estivesse num comercial de margarina  mesmo quando meu dia é tão horrível que nem parece ser meu? será que eu preciso mesmo tentar sorrir sempre? foda-se! eu jamais vou me submeter a essa lógica absurda! lutarei sempre pelo meu direito de surtar quando me for necessário! e quando for preciso, libertarei meu rambo interior e salve-se quem puder! é bom bancar a louca de vez em quando.     alivia.  





- preciso criar coragem pra matar o amor, ele tá cansado de ser abrigo de amores perdidos. 






-

37 comentários:

  1. isto me lembrou o filme "um dia de fúria". que alías é um puta filme!!!!! e jogado de lado pela massa consumista americana
    mate o amor, mas não enterre

    ResponderExcluir
  2. Tudo isso são coisas que a sociedade prega, e nós leigos aceitamos. Tem é que ser louco mesmo Luna, e questionarmos tudo.!

    Beijoooos Luna.!

    ResponderExcluir
  3. Pela lógica social, devemos viver em um comercial de margarina mesmo. Como se ninguém acordasse com o pé esquerdo...

    Não mata o amor, moça. Deixa ele tirar umas férias...

    Beijo, Lu!

    ResponderExcluir
  4. Eu sinto tanta vontade de matar o amor dentro de mim, mas logo passa. Eu o vejo com os olhos lacrimejando pedindo para continuar dentro de mim. E eu deixo =/

    ResponderExcluir
  5. Oi, Obrigada pelos comentários do meu último post. Fiquei muito feliz!!! Claro que vc pode postar. Muito mais gente lendo o que eu escrevi? Só vou agradecer.

    beijos

    ResponderExcluir
  6. Ai, matar um amor? Mesmo os não correspondidos são bons. Eles nos incitam à escrever.

    ResponderExcluir
  7. Obrigação de ser feliz, tem não ... mas é mais divertido ...
    Se quiser aderir à campanha por um mundo VIP (dê um beijo ou faça um streep) dizem que ajuda.
    No seu caso, dada a distância, vai ter que ser via web ...
    Bjs e dias melhores para você ...

    ResponderExcluir
  8. Coragem
    Que há de passar a estiagem
    E estamos aqui é pela viagem
    Então empurre o amor do trem
    Se isso for te fazer bem
    Expulse esse alguém
    E vá curtir a paisagem
    Que esses achados perdidos
    Com seus ares sagrados fodidos
    Não sabem sorver a beleza do profano vivido
    Nas tuas asas
    Nas tuas brasas
    Em cada detalhe que poderia ter sido...

    ResponderExcluir
  9. Só o esquecimento legitima a entrada do novo. Esquecer é o bem da alma doida.

    ResponderExcluir
  10. Ah, Luna...as pessoas tem medo da tristeza, evitam como se fosse uma doença contagiosa, sei lá, é tudo tão artificial, às vezes. Não gosto disso.

    Já disse Frejat : ♪ "...rir é bom, mas rir de tudo é desespero." ♫

    Um viva a quem respeita a própria dor.

    Beijo, bom fds.

    ℓυηα

    ResponderExcluir
  11. Não precisa ser se quiser.


    amei a imagem, como sempre.

    ResponderExcluir
  12. Não mate o amor no seu coração...
    Apenas encontre um amor que não te traga alí na frente dor...

    ResponderExcluir
  13. A obrigação de ser feliz foi trazida ao mundo por Xuxa e as paquitas em sua vida Doce Mel... a gente só tem obrigação de viver enquanto tem vida, nada mais. E mesmo assim, o conceito de vida pode ser tão complexo...

    O importante é que você meteu o pé na jaca... logo logo você reaparece em cor.

    Beijos, meu docinho.

    ResponderExcluir
  14. matar o amor _ penso nisso constantemente e então imagino que seja melhor matar a decepção, né ?
    Desculpe pela minha ausência , aconteceram muitas coisas ... de qualquer forma estou de volta ;)
    Bjoos e passa lá no blog que tem coisa nova =*

    ResponderExcluir
  15. Com certeza Luna! "Porrada, porrada nos caras que não fazem nada!" (roubei do titãs heheh)

    ResponderExcluir
  16. Bom, seu blog é sem duvida uns dos melhores q eu ja li. Fique ciente disso ta?! *-*
    Esse novo post?! fala serio....PERFEITO!

    ResponderExcluir
  17. A lógica não tem vez, no embalo das palavras.
    E o amor, Luna, é teimoso. Por mais que ameacemos, somos sempre nós que morremos dele.

    Awn, aqui é tão aconchegante. :)
    Um beijo :*

    ResponderExcluir
  18. Se tem uma coisa que eu sei é que a FELICIDADE é um estado e não algo que se compra e tem em tempo de 24h/dia, e o que seria da FELICIDADE se não tivéssemos a tristeza, o piano caindo em nossa cabeça? Aproveito eu cada momento, quando choro, choooooro, e quando festejo, festeeeeeejo.

    ResponderExcluir
  19. se matar o amor o seu interior se transformará lentamente num cemitério de coisas apodrecidas a vista, é melhor simplesmente expulsá-lo quando não estiver mais dando bons frutos.
    e essa obrigação de ser feliz não existe, principalmente quando a própria existência se traduz num infortúnio.

    ResponderExcluir
  20. Eu acho melhor viver sem ter que provar nada pra ninguém, nem pra nós mesmos é bem legal. Ser feliz ou não faz parte da vida, a gente é aos pedacinhos, como se fosse em suaves prestações.

    Ninguémé só feliz, assim como não é só triste, mas forçar uma felicidade é ser triste duas vezes

    ResponderExcluir
  21. Surtar faz parte, é humano, é necessário.
    O ano tem 365 dias e alguns desses você vai precisar ter um momento de loucura, agonia e solidão, pra depois superar, aprender.

    Muito obrigada por ter passado no meu blog,
    Amei seu lay cara *-*
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  22. E quando vc soltar o seu "rambo" interior, salve-se quem puder!

    Surtar faz parte e não precisa sorrir quando não estiver com a mínima vontade para fazê-lo.

    Fica bem!! =*

    ps: um selinho especial pra vc lá no BaLaio

    ResponderExcluir
  23. Oi,linda
    Adorei este blog...Lindo!Dança comigo?


    beijo

    ResponderExcluir
  24. Difícil responder às suas perguntas... Ainda mais quando se conquistou recentemente o auto-direito à felicidade. Conhece o Oficina G3? Gosta? Estou muito feliz por eles! Bjs :* {ps. Menina, seu coment me deixou tão feliz... Você ouviu mais de uma música?! Máxxxximo!!! Fizemos o clipe do "Vida que eu tenho pra você". Adoroooooo!! Bjinhos :*}

    ResponderExcluir
  25. Um sorriso bonitinho é o que todos querem, e todo sabem muito bem que nem tudo é sorriso...


    Grande Abraço! moça que Dança!

    ResponderExcluir
  26. e ao amor apenas dorme um pouco, mas não morre nunca...

    ResponderExcluir
  27. e que nos seja permitido desaprender os limites. alivia.

    uma beijoca estalada!

    ResponderExcluir
  28. Ninguém tem essa obrigação, às vezes a coisa é tão forte que temos vontade de chutar o pau da barraca só para ver tudo desabar neh?! Eu também me sinto assim.

    Beeijos!

    ResponderExcluir
  29. você faz as regras :)

    beeijas luna ;*

    ResponderExcluir
  30. taí, gostei dessa opção, matar o amor antes q o coração seja só lugar de bandido.
    bjs

    ResponderExcluir
  31. Isso me lembrou do filme ATA-ME, do Almodovar, que alias é muito bom.

    ResponderExcluir
  32. Não é a louca, só a cúmplice dos teus desejos.
    tô querendo matar o amor também, me matando de prazer todos os dias.

    ResponderExcluir
  33. Mulher não entra nessa loucura de felicidade 1oo% do tempo. Isto é uma propaganda maluca que quer levar todos nós ao desespero por não conseguirmos alcançar uma coisa que é humanamente impossível.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  34. Eu acho que a gente deve se permitir sentir seja o que for... alegria, raiva, tristeza. E assim vamos conseguir entender e superar.
    Eu desconfio de quem só ri o tempo todo.

    ResponderExcluir

- me concede uma dança?

Baila Comigo está protegido por uma Licença Creative Commons. Credite.

Licença Creative Commons