7.26.2009

Gentileza.












 


Seja gentil, não suma de mim.Não suma dos meus pensamentos, nem dos meus sorrisos. Seja a causa do meu olhar perdido. Não deixe de ser o motivos das minhas pequenas distrações. Não deixe de ser um capricho meu. Não suma das canções que eu ouço pensando em você. Seja minha lágrima contida. Não suma da minha imaginação insana. Não suma dos meus dias de solidão em que você não está comigo, mas eu sinto você bem perto. Me leve no seu olhar, sempre que puder, sempre que lembrar. Me deixe ser seus pensamentos diários e noturnos. Seu sono, seu acordar. Não suma dos meus sonhos em preto e branco cheios de detalhes. Não suma dos meus planos sem sentido que eu faço nas horas mais inapropriadas. Não se perca de mim. Não deixe que eu suma de ti. Seja gentil. Mergulhe no meu mistério, no meu paradoxo, na minha loucura explicita. Seja minha rotina, meu descanso. Meu meio-dia, minha meia-noite,minha tarde chuvosa. Seja uma vontade despretenciosa de ser feliz. Seja minha lua cheia, nunca minguante. E nunca esqueça de nunca sumir do meu céu. Seja meu soluço, minha insônia, minha confusão. Mas seja também um pouco da minha paz. Eu preciso. Seja gentil. Me traga flores. Me faça rir quando eu não esperar. E se for me fazer chorar, que seja de rir. Nunca deixe de ser meu amigo. Não suma da minhas palavras, nem do meu silêncio. Não deixe que eu berre, então não suma. Não seja meu qualquer dia. Seja meu toda hora. Seja complexo, se assim for, mas seja interessante. Sejamos sempre o mesmo instante. Seja meu frio, meu calor, meu desejo. Seja mãos, pés, dedos, carícias. Seja insano, perverso, rasgue nossas roupas, me rasgue, me morda. Mas depois, seja gentil, me abraçe, me acalme. Traga cores pra minha vida. Seja minha cor favorita. Não suma de mim, nunca. E por gentileza, também nunca me deixe ir.

25 comentários:

  1. Olá, tudo bem?

    Belos dizeres. Não sei, sempre fui fechado para o amor. Desde que me permite para tal sentimento, as coisas mudaram...não de uma forma positiva!

    Mas, é a vida! Amar é um grande desafio!

    Bj, boa semana!

    ResponderExcluir
  2. Amar e ser amado é o que a de melhor no amor...

    Boa semana=)

    ResponderExcluir
  3. seja....belo texto.

    e obrigado pela visita no blog =)

    ResponderExcluir
  4. Bom...faltam palavras para descrever seu texto ,mas uma define as demais:EXCELENTE.
    parabéns!
    Obrigado pela vizita e pelo comentario singelo.
    Volte sempre.
    Beijo,ótima semana.

    ResponderExcluir
  5. Que lindo, me emocionou a declaração, cheia de emoção, sensualidade.
    O amor nos inspira e espira a viver, a escrever coisas belíssimas que só nos fazem crescer.
    Desejo a vc toda felicidade.
    Bjos
    Passa lá depois, tem post novo.

    :)

    ResponderExcluir
  6. Tão, mas tão doce. Gostei tanto. Identifiquei-me muito.

    ResponderExcluir
  7. que lindo! faz lembrar de um amor meu, recente e ao mesmo tempo antigo, do qual não sei mais viver sem!!


    Beijos,
    Jota.

    ResponderExcluir
  8. Oiiis vim aqui te conhecer eretribuir a visitinha em meu blog, postei de novo, qnd puder. Da uma passadinha la! Muito obrigado viu?
    Tentei te seguir mas não da! Se oouder, me segue la!!
    Bj

    ResponderExcluir
  9. olá Luna, como está ? Espero que bem .
    Muito obrigado pela sua visita la no desventuras, que bom que gostou.
    Seu blog ta muito lindo. Achei seu texto simplesmente maravilhoso, o coração suspira a cada palavra .
    Se fosse possível, vc poderia por o widget seguir pois eu gostaria de seguir seu blog.
    Pra vc uma Terça magnifica e é bem vinda sempre.
    Um abraço , :)!

    ResponderExcluir
  10. Quanta paixao pela danca, hein?!
    Adorei aqui, tudo muito mimoso *-*

    Um beijo :*

    ResponderExcluir
  11. parabens pelo blog!!!


    Portugal e' muito bonito, pode vir visitar!!!

    ResponderExcluir
  12. 'Sejamos sempre o mesmo instante. Seja meu frio, meu calor, meu desejo. Seja mãos, pés, dedos, carícias. Seja insano, perverso, rasgue nossas roupas, me rasgue, me morda. Mas depois, seja gentil, me abraçe, me acalme. Traga cores pra minha vida. Seja minha cor favorita. Não suma de mim, nunca. E por gentileza, também nunca me deixe ir.' *-* muito bem escrito! :*

    ResponderExcluir
  13. É gay ey dizer que fiquei emocionado? =S
    Mas fiquei mesmo. Acabei de entrar num blog com um poema não tão bom, mas isso aqui é lindo. É sincero! Sem ficar inventando muito, apenas dizendo o que sente.
    =')

    ResponderExcluir
  14. Que blog lindo, bicho!
    Invejei! hahahaha

    ResponderExcluir
  15. è um pedido muito bonito...cheio de um amor sensivel..
    Beijos

    ResponderExcluir
  16. "Seja gentil, não suma de mim.Não suma dos meus pensamentos, nem dos meus sorrisos. Seja a causa do meu olhar perdido"
    adorei essa parte :D ou melhor, adorei todo o post *-*

    obrigada pela visita no meu blog,
    vou me tornar sua seguidora!

    ResponderExcluir
  17. Hahahaha Espero que dê certo!
    Boa sorte, a propósito!!!
    Beijão.

    ResponderExcluir
  18. É apenas uma palavra....
    Mas imensa em significados.

    ResponderExcluir
  19. Oi, Luna! Desculpe a demora em te visitar, é que o tempo anda escasso! rs Lindo o seu blog! Adoro esse estilo: doce, romântico (uma canção dos anos 30 e de sempre), com jeito de menina! Quero-te mais vzs por meu espaço! Um bjo!

    ResponderExcluir
  20. Oi, linda! Permita-me uma dança? - risos.

    Boa semana, bj

    ResponderExcluir
  21. mas também seja gentil... e se deixe ir, e me deixe ir quando assim for melhor... pra nós dois... porque a gentileza é se deixar livre, é se deixar vivo e pulsante!

    Grande abraço Lu!

    ResponderExcluir
  22. sim-ples-men-te lindo!
    e exatamente o q passo no momento...
    aaaaaaaaaaaaai. pq eu vim ler isso agora?
    :(

    parabéns!
    belíssimo texto!
    parabéns mesmo!



    bjos
    >>

    ResponderExcluir
  23. Muito bom querida!
    Obrigado pela visita lá pelas minhas bandas...

    ResponderExcluir

- me concede uma dança?

Baila Comigo está protegido por uma Licença Creative Commons. Credite.

Licença Creative Commons