7.09.2009

Foi doce.











 

Nosso abraço foi tão gostoso!E você estava tão lindo, e tão tímido. Você não era o mesmo, seu cabelo não era o mesmo, nem sua voz, nem suas roupas. Eu não era a mesma. Tínhamos crescido. E eu falava tanto, e fumava compulsivamente, e me confundia toda, era tanta coisa pra dizer, pra contar, e pra recuperar o tempo que perdemos nos odiando. Fazia tanto tempo, éramos tão tolos quando nos vimos a última vez. E foi tão doce, e ao mesmo tempo tão engraçado. Você sorria de tudo que eu dizia, talvez lembrando de quando você não suportava nem ouvir minha voz, e eu achava o som da sua risada tão envolvente, e nem lembrava o quanto ela me irritava. Nem parecia que éramos nós, ali, como dois grandes amigos, que nunca se odiaram na vida. E depois de termos decidido nos entender(através do msn) e termos conseguido fazer nascer um amor entre nós, um amor de amigo, de irmão, parecia que a vida dificultava de maneira cruel nosso reencontro. Esperei tanto por esse momento, em que estaríamos juntos, e não estaríamos sentindo vontade de soltar laser pelos olhos, um no outro. Foi bom te reencontrar, e o melhor é saber, que agora, somos amigos, e dos bons, dos melhores. Quando estamos juntos até o silêncio é agradável. Nos sentimos confortáveis ali, um na presença do outro. É bom poder dizer: "ô amigo, senta aqui, e acende um cigarro pra gente". E sorrir juntos de qualquer coisa à toa. Nada de "como-nos-velhos-tempos", afinal, pra nós, agora que começou.
"Faz muito tempo, mas eu me lembro você implicava comigo.Mas hoje eu vejo que tanto tempo me deixou muito mais calmo.O meu comportamento egoísta, seu temperamento difícil.Você me achava meio esquisito, e eu te achava tão chata." Essa música se encaixa perfeito pra nós dois.
::já sei que na minha mala, só vai ter espaço pra saudade que vou trazer de você, meu amigo::

9 comentários:

  1. Minha primeira vez por aki...Te encontrei linkada em outro blog...Foi um prazer ler o teu texto, e sempre que pudar bailo contigo!!!
    As vezes de grandes amores, nascem grandes amizades...E isso é o mais justo de amar!

    ResponderExcluir
  2. Qe história linda!
    Espero que essa amizade dure muito =D
    Obrigada pela visita, sempre virei aki 'bailar' contigo!

    Bjão ^^

    ResponderExcluir
  3. Texto sincero e carregado de emoção, moça! Concordei com tudo e acompanhei tudo, menos o fumo compulsivo! rsrsrs Beijão!

    ResponderExcluir
  4. LINDO!
    Sem palavras pra esse texto, querida!
    Emotivo e perfeito!

    beijinhos :)

    ResponderExcluir
  5. Amizades assim são pra sempre!!!

    ResponderExcluir
  6. Emocionante, profundo, mágico.
    São alguns dos adjetivos para o que você escreveu. E esta é a beleza dos reencontros, tudo está mudado, e ainda assim parece que conhecemos cada detalhe.
    Mergulhei nesse texto, foi difícil aceitar o "fim".

    :*

    será um prazer continuar bailando por aqui, linkei *-*

    ResponderExcluir
  7. Que delícia este texto.
    Parabéns pela re-descoberta do amigo!
    Adorei!
    Beijos

    ResponderExcluir

- me concede uma dança?

Baila Comigo está protegido por uma Licença Creative Commons. Credite.

Licença Creative Commons